Open Source Sofware

Transporte

SMTT discute reajuste da tarifa de táxis especiais com profissionais de Aracaju




19.12.18 20:41

Foto: Ascom SMTT

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) promoveu uma reunião com representantes do Sindicato dos Taxistas de Sergipe (Sintax) e da Cooperativa de Transportes Alternativos e Táxi Especial de Aracaju, para discutir o aumento da tarifa dos táxis especiais, popularmente chamados de lotação, que deve acontecer, conforme a Lei Municipal N° 3.437/2007, de forma imediata após a aplicação do reajuste da tarifa do Sistema de Transporte Coletivo. A reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira, 19, no gabinete do superintendente interino Renato Telles.


"O aumento da tarifa dos táxis especiais independente da autorização da SMTT, é lei municipal e deve ser cumprida. O reajuste deve ser, no mínimo, o mesmo percentual reajustado para o transporte coletivo. Portanto, a tarifa passa a ser de R$4, como no transporte público por ônibus", afirma Renato Telles.


O superintendente também destacou os resultados da reunião. "Foi explanado para os representantes de sindicatos e cooperativas o entendimento jurídico acerca da questão. Além disso, os municípios vizinhos, que também fazem parte do sistema de transporte público da região metropolitana, já concederam o reajuste. O novo valor também passa a vigorar na capital, conforme a lei", conclui.


O relações públicas do Sintax, Airton dos Santos, tratou a reunião como proveitosa e democrática. "Nós tivemos um diálogo proveitoso nesta manhã e é através do diálogo que construímos uma sociedade democrática. A cooperativa dos taxistas especiais irá cumprir o que diz a lei e nós iremos acompanhar o processo, conforme ficou acordado", disse.


Segundo Agnaldo Peixoto, representante dos taxistas especiais de Aracaju, a categoria irá cumprir o que diz a lei. "Decidimos nessa reunião que a tarifa passa a ter o mesmo valor da tarifa dos ônibus. Caberá aos passageiros decidirem qual serviço utilizar", disse.


Solicitação


Os taxistas aproveitaram a reunião para pedir um aumento da fiscalização na rua Cláudio Batista, no bairro Palestina, em frente ao Hospital Universitário de Sergipe. Segundo eles, táxis bandeira costumam circular como táxis especiais nessa região. O superintendente acatou o pedido.


O cidadão que presenciar este tipo de atitude pode fazer denúncia através do telefone (79) 3179-1402 ou Disque Trânsito - 118.





telefones-home620

banner-fala-cidadao3